fbpx

Monteriggioni, um passeio pela Idade Média

Cidades Históricas - 26/02/2018
Por Giacomo Cenci
Foto de capa: Lianem

A aldeia de Monteriggioni foi construída ao longo do século XIII, como fortificação no topo de uma colina, durante os embates entre Florença e Siena. Sua estrutura essencialmente militar, acastelada e circundada por imensas torres, de tão impressionante, é citada por Dante Alighieri, na Divina Comédia, que compara suas torres com os gigantes que encontraria no Inferno.

“Qual de Monteriggioni a alta barreira circular que de torres se coroa, assim, na orla que à volta do poço beira, torreavam, de sua meia pessoa, os horríveis gigantes, ameaçados por Jeová ainda, do céu, quando trovoa”.

Alighieri, Dante, Inferno, XXXI, 40-45
Vista aérea de Monteriggioni. Foto: Marinari Stefano

Ainda hoje é possível percorrer  a pé parte da antiga muralha, em dois trechos diferentes. É uma experiência muito interessante, uma verdadeira volta no tempo: além de avistar o Vale do Chianti de cima, ou parte do Vale de Elsa, você será capaz de transitar as mesmas construções um dia trilhadas pelos soldados que protegiam o território das invasões de Florença, sendo que a aldeia representava o burgo fortificado da República de Siena mais avançado em relação ao território dominado pela rival Florença.

Vista panorâmica de Monteriggioni. Foto: Unknown1861/ 123RF
“Mura” de Monteriggioni. Foto: Giacomo Cenci

A Praça Roma é a praça principal do burgo, dá acesso a todos os pontos possíveis de visitação e oferece ao visitante a verdadeira sensação de estar em um burgo fortificado da Baixa Idade Média. No meio da praça há um poço, a respeito de que ao longo dos séculos alimentou-se uma lenda segundo a qual existiria um caminho subterrâneo secreto que liga Monteriggioni a Siena. Esse caminho, no entanto, nunca foi achado.

Praça Roma – Monteriggioni. Foto: Giacomo Cenci

Outra lenda muito impactante é ligada a Giovanni Zeti, o capitão das guardas, que, em 1554, entregou o castelo às tropas florentinas: narra-se que, devido ao arrependimento que tomou conta dele, a sua alma não descansa em paz e o seu fantasma nas noites de lua cheia vaga pela galeria acima citada, sendo que os habitantes da aldeia ouviriam ainda hoje as lamentações e os choros do próprio Zeti, condenado a não ter paz.

Praça Roma – Monteriggioni. Foto: Giacomo Cenci

Na praça de Monteriggioni há também a igreja de Santa Maria Assunta: construída associada ao Castelo, mistura o já em declínio estilo Românico com o, para a época, novo e revolucionário estilo Gótico. Outra atração importante é o Museu Monteriggioni in Arme: ali o visitante pode compreender melhor como Monteriggioni foi construída e quais tecnologias bélicas eram utilizadas na época. Há também uma sessão interativa onde você pode usar armaduras e armas brancas para simular situações de batalha.

Igreja Santa Maria Assunta – Monteriggioni. Foto: Borisb17/ Bigstock

EXPLORE AINDA MAIS A ITÁLIA COM ESTES PASSEIOS INCRÍVEIS


Dicas Cenci

Receba promoções e novidades antes de todo mundo!
Whatsapp
Precisa de ajuda? Atendimento por WhatsApp

Atendemos de segunda a sexta, das 09h00 às 18h00

Clique para iniciar o atendimento