Inverno na Itália: a melhor forma de aproveitar o frio do país

Dicas Cenci - 05/02/2020

Por Daniel Cury

Foto de capa: Pixabay

Você já pensou em aproveitar o inverno na Itália? Muito provavelmente, a maior parte das pessoas associa o país às temperaturas quentes e amenas. Afinal, a maior parte dos turistas visita o país no verão, quando as ruas de Roma se enchem de gente em busca de um bom gelato, vinhos refrescantes e até mesmo aquele mergulho nas paradisíacas praias banhadas pelo mar mediterrâneo.

No entanto, é importante considerar o inverno na Itália como uma forma interessantíssima de conhecer o país e aproveitar sua geografia e suas belezas históricas com temperaturas mais baixas. É claro que se trata um país de grande variedade de climas e paisagens, portanto cada canto da famosa botinha trará diferentes possibilidades. Tudo o que você precisa é compreender essa variedade de opções e fazer a sua escolha para passar o inverno na Itália!

Coliseu no Natal.
Coliseu no Natal. Foto via Expedia.it

Temperaturas variadas

As temperaturas no inverno italiano variam demais. Enquanto o frio no norte é mais intenso, ele fica mais ameno quando mais ao sul se destina. A cidade de Palermo, na Sicília, apresenta temperaturas mínimas médias de 9°C ou 10°C e máximas de cerca de 15°C ou 16°C, ou seja, são amenas o suficiente para se estar até mesmo ao ar livre (com um casaco leve, é claro).

Na região central da Itália e especialmente em Roma, as temperaturas no inverno são parecidas com os lugares mais frios do Brasil: variam de 0°C a 3°C de mínima a 15°C de máxima. Em alguns momentos, é possível ver neve em Roma, mas não com tanta frequência quanto no norte da Itália.

Quem vai ao norte será obrigado a enfrentar temperaturas máximas um tanto mais baixas. Em Milão, por exemplo, as temperaturas mínimas no inverno não caem muito abaixo de -1°C ou -2°C, mas as temperaturas máximas não ultrapassam os 4°C ou 6°C. Essas temperaturas serão ainda mais geladas nas cidades em regiões montanhosas, sendo muitas delas adequadas para esquiar.

Inverno na Itália
Foto: VladoZg (Pixabay)

O que fazer durante o inverno na Itália

Mas, afinal, o que faz do inverno na Itália mais agradável que outros períodos do ano?

Primeiramente, a Itália é agradável o ano todo! Logo, você não precisa se preocupar tanto assim com a estação e a temperatura. É tudo uma questão de se adaptar. Mesmo assim, decidimos listar algumas coisas que são particularmente agradáveis com o friozinho.

Eventos durante o inverno

Com o inverno, surgem eventos para os italianos que você também pode aproveitar! Que tal uma apresentação cultural ou uma bela ópera? E se essa não for a sua praia, com certeza você vai gostar das feiras de rua de Natal! Elas enchem as cidades italianas de presentes, artesanatos e itens natalinos de encher os olhos, além de comidas deliciosas! E vale lembrar que fevereiro ainda é inverno na Itália, então se for neste mês, não perca o famoso Carnaval de Veneza!

Esqui

Se você gosta de uma aventura, aproveite as cidades montanhosas e se prepare para a maior diversão na neve! Cidades como Tre Cime di Lavaredo, Alta Via e Monte Bianco estão entre os mais agradáveis destinos para esquiar.

Museus e mais museus

Se você gosta de museus, vai adorar visitá-los no inverno! Afinal, enquanto o tempo lá fora esfria, você pode apreciar as obras de arte e os artefatos históricos com calma e tranquilidade. No inverno, é comum muitos museus italianos deixarem a entrada gratuita aos domingos, o que pode ser uma ótima oportunidade!

Doces, vinhos e massas

Algo que ninguém pode negar é que comer no friozinho é ainda mais gostoso. Se você aprecia uma boa massa, um bom vinho e aquele doce delicioso de sobremesa, com certeza vai se esbaldar nos restaurantes italianos! Até mesmo o cafezinho fica mais saboroso durante o inverno na Itália!

Leia também A GRANDIOSIDADE ARTÍSTICA DOS MUSEUS VATICANOS

Matera no inverno – Foto: Wikipedia

Cidades de destaque

Não sabe para onde ir? Todas as cidades italianas são ótimas para visitar no inverno, mas podemos dar algumas dicas um pouquinho diferentes!

Matera

A cidade de Matera, na Basilicata, é um achado que pode se tornar muito famosa nos próximos anos, então vale a pena correr até lá antes de todo mundo! Escolhida como a Capital Europeia da Cultura em 2019, a cidade é uma das mais antigas do mundo e é conhecida pelos Sassi, que são os bairros repletos de casas feitas à base de pedras, todas grudadas umas nas outras ou separadas por ruelas estreitas. Uma antiga cisterna e as casas-grutas são o diferencial charmoso do local.

Leia também MATERA, A CIDADE DOS SASSI

Turim

Turim é a porta de entrada para os Alpes. Além de ser o ponto de chegada para os amantes da neve e dos esquis, a capital do Piemonte tem um festival de inverno chamado Luci D’Artista, que promove obras de arte feitas em forma de luzes por toda a cidade, tornando suas noites incrivelmente mágicas.

Veneza

Além do Carnaval de Veneza em fevereiro, a cidade dos canais fica especialmente charmosa no inverno. Andar de gôndola em meio a uma leve neblina faz tudo ficar mais bonito, assim como uma boa refeição com uma boa vista da janela! Além disso, a cidade que é destino de tantas pessoas fica menos lotada neste período.

Leia também VENEZA, CIDADE SOBRE AS ÁGUAS

Palermo

Além de ficar cheia de feiras de rua e apresentações do nascimento de Jesus nos dias que antecedem o Natal (veja a de Termini Imerese!), Palermo garante um clima mais ameno e um ambiente tão agradável que vai ser preciso levar até mesmo o inesperado protetor solar!

Alberobello

Na região da Puglia (ou Apúlia), além das belas praias como paisagem, você também vai poder se encantar com as casas conhecidas como trulli. São casas de pedra geralmente em formato cilíndrico e com telhados em formato de cone. No inverno, essas construções ficam ainda mais bonitas!

Basílica de São Pedro, Vaticano – Foto: Javon Swaby (Pexels)

Vantagens de conhecer a Itália durante o inverno

Por fim, vale citar algumas vantagens importantes de conhecer a Itália durante o inverno!

Menos movimento

Os meses de inverno não são os mais procurados pela maioria dos turistas, e além disso este não é um período de férias para a maioria dos países do hemisfério norte, então é provável que os lugares estejam menos lotados: restaurantes mais tranquilos e museus sem filas são ótimas formas de deixar a viagem mais agradável!

Natal

Se o período de celebrar o nascimento de Cristo traz aquele clima de felicidade no ar, imagine em um país onde a Igreja Católica é tão presente! Visitar a Itália no Natal é pedir para ser invadido pelo clima natalino de paz e solidariedade!

Preços mais baixos

Por ser um período de menos movimento, é normal que os preços estejam mais agradáveis ao bolso, tanto para fazer compras nas típicas promoções de inverno das grandes marcas, quanto para se hospedar ou se alimentar.

EXPLORE AINDA MAIS A ITÁLIA COM ESTES PASSEIOS INCRÍVEIS


Receba promoções e novidades antes de todo mundo!