Puglia – O Salto desconhecido da Itália

Regiões Italianas - 17/03/2017
Por Adrian Theodor

Hoje vamos visitar uma Região da Itália pouco conhecida no Brasil, a Puglia. Ela está ao Sul da Itália, no “salto da bota”. E começaremos por um roteiro que apresentará a Província de Bari, parte do belíssimo litoral do Adriático.

Bari

Recomendamos que você desembarque de avião em Bari, no Aeroporto Internacional Karol Wojtyła (nome que homenageia o Papa João Paulo II) e se dirija ao centro histórico de Bari, também conhecido por Bari Vecchia, ou Bari Città Vecchia. Hospede-se também por ali, nas inúmeras opções que variam entre os hostels mais em conta, executivos tradicionais ou os hotéis sofisticados, como o Grande Albergo delle Nazioni, na orla do Mar Adriático. Mas lembre-se: sua estadia na Capital será de apenas uma noite, então pode ser uma boa ideia economizar.

Ao longo do dia, faça um roteiro pelo centro, pode ser de carro, bicicleta ou um dos passeios disponíveis na cidade com guia especializado. Escolha entre alguns dos principais pontos turísticos de Bari, como a Basilica San Nicola, a Chiesa di San Marco dei Veneziani, a Via Appia Traiana, o Museo Archeologico di Santa Scolastica, o Castello Normanno-Svevo, o Palazzo Simi e o Museo Civico. Em cada um deles você poderá ver a riqueza histórica de Bari e seus sucessivos domínios Romano, Godo, Bizantino e Sarraceno.

Castello Normanno-Svevo

Deixe para almoçar ao longo da tarde. Perca-se entre as pequenas ruas da Velha Bari e escolha dentre os diversos restaurantes da cidade. Bari foi renovada ao final da década de 90 e você poderá observar a constante tensão entre o novo e o tradicional, ao caminhar por ela. Mais uma vez: Perca-se! Mas não deixe de experimentar o famoso orecchiette da Puglia, massa em forma de orelhinhas muito comum em Bari.

À noite, você pode escolher entre um merecido descanso, ou conhecer a vida noturna de Bari. Se preferir a segunda opção, pode variar entre os diversos bares, cafés ou pizzarias disponíveis no centro. À primeira vista, pode parecer um desperdício de tempo, em uma viagem para a Itália, porém, nossa dica é para que você se sinta parte do lugar que está visitando. Descubra a decoração extravagante do Pub Opus Pistorum, ou a sazonalidade impecável do Restaurante Terranima, ou ainda o saborosíssimo gelato do Martinucci.

Bari à noite

Castel del Monte

Na manhã seguinte, pegue a estrada até Castel del Monte, fora da Província, cerca de 50 a 70 quilômetros de Bari, dependendo de onde você estiver hospedado e do caminho que escolher. Você pode alugar um carro e ir pela Autostrada A14 (Bologna-Taranto), de ônibus até a cidade de Andria e depois até o Castelo, ou, se estiver em grupo com um ônibus fretado já fechado com antecedência pelo seu agente de turismo.

Castel del Monte, um dos diversos Patrimônios da Humanidade da UNESCO presentes na Itália, está localizado na Província de Barletta-Andria-Trani, e é o único ponto de parada fora de Bari em nosso roteiro.

Construído no século XIII, pelo imperador Frederico II, o Castelo é uma aula sobre arquitetura medieval. Possui um formato octogonal, com uma torre em cada ponta, e é composto por diversos elementos arquitetônicos de culturas diferentes, do gótico ao sarraceno.

Castel del Monte

Não há muitos lugares para comer bem próximos ao Castelo. Então, assim que terminar sua visita, aproveite para pegar a estrada no longo caminho que leva a Polignano a Mare, nosso próximo destino na Província de Bari. Está pronto?

Polignano a Mare

Assim que chegar em Polignano a Mare, hospede-se (você vai dormir aqui até o fim do roteiro), deixe suas coisas no hotel de sua preferência e saia para comer em qualquer um dos restaurantes típicos de frutos do mar da orla. Você deve ter em suas expectativas admirar uma visão panorâmica do imenso Mar Adriático! Porque, afinal, Polignano é a sua pérola mais encantadora. Recomendamos que ou para sua hospedagem, ou para sua refeição, conheça o magnífico Hotel Ristorante Grotta Palazzese. Ele não é um dos mais baratos em Polignano, porém, incrustado em uma das falésias típicas da região, o Hotel Restaurante oferece uma experiência única que une sabor, vista panorâmica e excelente atendimento. Porém, é imprescindível que reserve com antecedência. O hotel é disputado! Uma boa mesa com vista para o Adriático, também.

Vista panorâmica de Polignano a Mare

Dica: Independentemente da sua opção de hotel, reserve-o com antecedência, principalmente no verão. A Comuna é um destino ainda pouco conhecido no Brasil, porém muito disputado pelo turismo interno italiano.

É possível conhecer um pouco da história da Comuna visitando seu centro histórico, a Igreja Matriz, também conhecida como Catedral de Santa Maria Assunta, ou a charmosa Ponte di Polignano, ou ainda a estátua do famoso cantor Domenico Modugno. Todavia, principalmente se está aqui no verão italiano, seu principal objetivo é ser recebido pela Comuna pelo que ela é realmente mais conhecida: seu litoral.

Praia Cala Paura – Polignano a Mare

No topo de um penhasco, formada por falésias calcárias, recheada de cavernas altas e profundas e delicadamente tocada pelas águas azuis do Mar Adriático, Polignano a Mare certamente estará entre os destinos inesquecíveis de sua vida como viajante. Ali, dentre as várias possibilidades, não deixe de visitar a Praia Cala Paura (Lido Cala Paula). Pequena, ela mostrará a você não apenas as características principais da geografia de Polignano, como também diversos locais pulando das falésias no fundo do Adriático. Tem coragem?

Você pode também passar a tarde toda andando pelas ruelas de Polignano. Quando menos esperar, estará em mais um terraço, contemplando a beleza hipnotizante do Mar Adriático. Não tem como errar.

Polignano a Mare à noite

Alberobello

Na manhã seguinte, nosso terceiro dia na atraente e discreta Região da Puglia, pegue a estrada para Alberobello. Você percorrerá no máximo 40 quilômetros, dependendo do caminho que escolher.

A Comuna, mais um dos Patrimônios da Humanidade da UNESCO, dos inúmeros existentes na Itália, é internacionalmente conhecida pelo conjunto de seus Trulli, presentes em todo o Vale do Itria. Os Trulli, do grego, “cúpula”, são construções piramidais que datam, provavelmente, de meados do século XV, quando os habitantes locais, em sua maioria agricultores, precisavam construir habitações simples e não tributáveis, para fugir das cobranças excessivas do Reino de Nápoles.

Os trulli de Alberobello

As construções aparentemente simples, sem argamassa ou cimento, passíveis de fácil demolição, demonstraram-se incrivelmente resistentes ao tempo e às contínuas ações da natureza e do ser humano. Até hoje, os Trulli, verdadeiros mapas arquitetônicos de uma civilização que não existe mais, são habitados por nativos de Alberobello. A história sempre pode nos surpreender e, aqui, ela nos mostra sua capacidade de resistência.

Os trulli de Alberobello

Dica: Consiga uma visita monitorada pelos Trulli de Alberobello. Um guia especializado poderá mostrar a você informações históricas que nenhum livro ou artigo na internet é capaz de suprir.

Grotte di Castellana

Depois de almoçar em Alberobello, pegue a estrada para a Comuna de Castellana Grotte, nossa última parada.

Se em Polignano a Mare a natureza tirou o seu fôlego pela exuberância do mar aberto, aqui, ela te envolverá numa formação geológica em desenvolvimento desde o Cretáceo, ou seja, há mais de 90 milhões de anos.

Grotte di Castellana

Além do êxtase em conhecer uma formação tão magnífica, de cerca de 3 quilômetros de extensão, entre o caminho principal da gruta e suas ramificações, que nos faz refletir sobre a atuação do tempo e da natureza, visite também o Museu Espeleológico. Deste modo, poderá ter informações importantes sobre esta magnificente obra natural.

E este é o fim de nosso roteiro de três dias sobre a Puglia. Daqui, você escolhe entre duas opções. Ou volta direto para o aeroporto de Bari, preparando-se para a viagem de volta. Ou encara a curta estrada de volta para Polignano a Mare e acorda mais um dia no imenso azul do litoral do Adriático, estendendo seu roteiro. Olha, cá entre nós, seu roteiro está acontecendo no belo verão europeu, não? Que tal mais um dia de praia? Negócio fechado!

Dicas Cenci

Receba promoções e novidades antes de todo mundo!
Whatsapp
Precisa de ajuda? Atendimento por WhatsApp

Atendemos de segunda a sexta, das 09h00 às 18h00

Clique para iniciar o atendimento